Os artigos por

Abordagem Clínica para Hemoparasitas

Abordagem Clínica para Hemoparasitas   Babesia Cytauxzoon Hepatozoon Leishmania Anaplasma Bartonella Ehrlichia   Babesia Fosfato de primaquina  – 0,5mg/kg, SID, PO durante 1 a 3 dias é o fármaco de eleição para Babesia felis. Contudo e apesar de reduzir a parasitémia, este medicamento não elimina o parasita. Outros fármacos têm sido testados, nomeadamente a Rimfapicina […]

Anemia infeciosa Felina – Informação

  ANEMIA INFECIOSA FELINA   A anemia infeciosa felina (ou Hemobartolenose) é uma doença infeciosa de felinos de ocorrência mundial que, tal como indicado pelo nome, causa anemia. É provocada por vários microorganismos que podem actuar sozinhos ou em conjunto, mas é mais comum a infecção por Mycoplasma haemofelis, antes conhecido por Haemobartonella felis, dando […]

A castraçao e esterilização

A esterilização apresenta benefícios inegáveis não apenas na vertente  comportamental, bem como na saúde do seu animal. Assim sendo, as principais vantagens/indicações são: Machos Diminuição da superpopulação e agressividade em relação a outros machos; Decréscimo de comportamentos errantes (monta, fugas), marcação de território e atropelamentos; Apresenta cariz preventivo/ curativo para determinadas patologias como prostatopatias, adenomas/hérnias […]

A Insuficiência Renal

Os rins assumem um papel primordial no equilíbrio interno do organismo na medida em que são responsáveis pela: Filtração e excreção de substâncias tóxicas; Regulação do equilíbrio hídrico; Produção de determinadas hormonas; Regulação da formação e reabsorção do tecido ósseo (juntamente com a vitamina D, o fósforo e o cálcio). A Insuficiência Renal Crónica é […]

SARNA FELINA – Diagnóstico e Tratamento

O que é e o que causa a Sarna Felina   A Sarna é uma dermatite provocada por ácaros. Existem vários tipos de sarna provocada por diferentes tipos de ácaros. As duas mais comuns em gatos são a sarna otodécica provocada pelo ácaro Otodectes cynotis e a sarna notoédrica provocada pelo ácaro Notoedres cati. São […]

Posso dar medicamentos humanos ao meu animal de companhia?

Autor: Dra Joana Videira Posso dar medicamentos humanos ao meu animal de companhia?                 Nunca medique o seu animal de companhia com medicamentos humanos, a menos que tenha sido indicado pelo seu Médico Veterinário. Os nossos animais (cão, gato, pássaro) são organismos totalmente diferentes dos humanos, quer em peso, quer em mecanismos biológicos. Por […]

HÉRNIA DIAFRAGMÁTICA EM CÃO …

HÉRNIA DIAFRAGMÁTICA EM CÃO
By Alexandra Seixas

Introdução

O diafragma é um músculo que separa a cavidade torácica da cavidade abdominal. Usamos o termo hérnia para indicar a deslocação de alguns órgãos da sua posição anatómica normal.
No caso da hérnia diafragmática alguns órgão abdominais tais como fígado, estômago, intestino deslocam-se para a cavidade torácica através de uma abertura no diafragma. As causas mais prováveis são atropelamentos, quedas ou lutas entre cães.

Sintomas
Os sintomas dependem da severidade da rotura e da quantidade de vísceras abdominais no tórax. A dispneia é o distúrbio respiratório mais comum descrito, embora também exista muitas das vezes inquietação, dificuldade em deitar e levantar ou mesmo andar. O início dos sintomas pode ser imediato ou até aparecerem semanas mais tarde.

Diagnostico
A radiografia é imprescindível para confirmação de diagnóstico, a ecografia como diagnóstico complementar de elevada importância. A utilização de radiografia contrastada em trânsito gastrointestinal é para alguns veterinários a técnica mais utilizada segundo a literatura.

Tratamento
A indicação é cirúrgica para correcção da rotura do diafragma com reposição anatómica das vísceras deslocadas, sendo em muitos casos uma situação de prognóstico reservado. As abordagens cirúrgicas mais utilizadas são a laparotomia pela linha média e a toracotomia intercostal, a técnica será determinada pela capacidade de localizar o lado da rotura e a sua cronicidade em relação as aderências torácicas.

LINFOMA FELINO – Causas e Tratamento

  O que é o Linfoma Felino Os tumores são um problema comum em Medicina Veterinária, sendo atualmente a principal causa de morte em 32% dos felinos domésticos. A prevalência desta patologia está a aumentar devido a vários fatores, mas é, em grande parte, um resultado do aumento da esperança média de vida dos animais […]

Abordagem Clínica para Haemobartonella

Abordagem Clínica para Haemobartonella (Mycoplasma haemofelis)   Tilosina, eritromicina, clindamicina, lincomicina, tetraciclinas, cloranfenicol, aminoglicosídeos e fluroquinolonas são eficazes para o tratamento de Mycoplasma spp. Drogas de eleição: Doxiciclina, tetraciclina ou oxitetraciclina. Enrofloxacina é uma alternativa eficaz em pacientes que não toleram tetraciclinas. Prednisolona pode ser dada em pacientes com anemias severas a fim de tratar […]

Dirofilariose: a lombriga do coração

Já ouviu falar na “lombriga do coração? Sabia que estamos numa zona endémica? Como posso salvar o meu animal?   A Dirofilariose ou a doença do parasita do coração é uma doença parasitária dos cães, podendo também afetar os gatos. O parasita responsável pela dirofilariose é um nemátodo chamado Dirofilaria imitis. Os cães são infetados por formas larvares […]