Que alimentos não posso dar ao meu animal de estimação?

 

Sou da opinião que, desde pequeninos, devemos habituar os nossos animais de estimação a comer aquilo que é indicado para eles: ração. Se desde bebés forem habituados a isto, é mais fácil controlar, em adultos, a ingestão dos nossos alimentos. Actualmente existe no mercado uma grande variedade e oferta de rações. Temos as rações secas, os húmidos, rações para bebés, para adultos de todos os tamanhos, rações para animais geriátricos, rações específicas para certas raças, numa grande variedade de sabores, para os mais esquisitos. Para além disso, existem ainda as rações terapêuticas, que nos dão uma grande ajuda no tratamento das várias doenças que podem afectar os nossos animais.

No entanto, e visto os animais cada vez mais passarem grande parte do tempo (ou mesmo todo o tempo) em casa, há alguns que demonstram de forma insistente o seu interesse pela nossa comida. Na minha opinião, e salvo indicação do Médico Veterinário, é preciso alertar que a nossa comida não serve para eles, por muito que eles gostem, trazendo consigo problemas como: alterações gastro-intestinais, acumulação de placa bacteriana, para além de um incorrecto aporte de nutrientes. Desta forma, acho importante informar sobre aqueles alimentos que, fora os problemas anteriormente referidos, podem ainda ser tóxicos para os nossos amigos de quatro patas. Esses alimentos são: leite e derivados (com excepção do iogurte natural, não açucarado), que provocam diarreias; chocolate, uvas, cebola e alho, que levam a intoxicações e outros problemas; ossos (especialmente ossos de galinha) e espinhas, que levam a perturbações gastro-intestinais, actuam como corpos estranhos, podendo mesmo perfurar o tracto digestivo; xilitol (encontrado em doces e guloseimas), batata crua e abacate, também tóxicos para os animais. Contudo, existem alguns alimentos que podem ser fornecidos, especialmente para animais que gostam de fruta, sempre em quantidades moderadas. E são eles: a maçã, a pêra, a banana, o melão, a melancia, o morango, a laranja e o abacaxi.

            Sempre que tenha alguma dúvida sobre o que pode dar ou não, como alimento ou mesmo como “mimo”, ao seu animal, ou mesmo algo para o estimular a comer a ração, não hesite em falar connosco.
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixar uma resposta