Abordagem Clínica para Hemoparasitas

 

Babesia

Cytauxzoon

Hepatozoon

Leishmania

Anaplasma

Bartonella

Ehrlichia

 

Babesia

Fosfato de primaquina  – 0,5mg/kg, SID, PO durante 1 a 3 dias é o fármaco de eleição para Babesia felis. Contudo e apesar de reduzir a parasitémia, este medicamento não elimina o parasita.

Outros fármacos têm sido testados, nomeadamente a Rimfapicina e o Trimetropim-sulfadiazina, contudo a sua eficácia é menor que a do fosfato de primaquina.

Um estudo de um gato infectado com Babesia canis obteve bons resultados com o tratamento com Dipropionato de imidocarb com uma única dose de 2,5mg/kg, IM –boa resposta ao fim de 12 horas.

 

Fluidoterapia, uso de AINES, correcção da acidose com bicarbonato de sódio, transfusões e tratamento sintomático devem ser ponderados e associados ao tratamento etiológico.

 

Farmacoterapia para Babesiose em Cães:

FármacoDose (mg/kg)ViaIntervalo (Horas)Duração (Dias)
Dipropionato de imidocarb*15.0-6.6

(ou 7,5mg/kg toma única)

IM ou SC14 dias2 doses
Aceturato de diminazeno3.5-7.0IM ou SC14 dias2 doses
Metronidazol25-50PO127
Clindamicina12.5-25PO127-10
Doxiciclina10PO12??7-10
Azitromicina10PO2410
Atovaquone*213.3PO810
Fosfato de primaquina1IMToma única
Prednisolona1PO125

*1 – Não é eficaz contra B. gbsoni (nesse caso utilizar Azitromicina ou Clindamicina).

*2 – Dar em combinação com a Azitromicina.

 

Como não existe nenhuma droga conhecida que elimine a infecção de forma consistente, é improvável que o tratamento de cães seropositivos saudáveis traga algum benefício.

 

Cytauxzoon

O tratamento de suporte inclui fluidoterapia e transfusão sanguínea caso haja indicação para tal. Em caso de sepsis (devido a leucopenia) é indicado o uso de antibióticos.

Em caso de CID:

  • Fluidoterapia isotónica;
  • Heparina (150 UI/kg, SC, q.8h);
  • Plasma e sangue total aquando de anemia severa.

 

Farmacoterapia para Cytauxzoon felis em gatos:

FármacoDose (mg/kg)ViaIntervalo (Horas)Duração (Dias)
Dipropionato de imidocarb2IM1 toma*3-7 (ou 14)
Acetato de diminazeno2IM1 toma*3-7

*2 tomas com 7 dias de intervalo

 

Precauções/Interacções:

  • Dipropionato de imidocarb – Administrar doses pré-anestésicas de atropina ou glicopirrolato;
  • Dipropionato de imidocarb – Produz dor e inchaço no local de injecção como pode produzir vómito após a injecção. Outros efeitos podem incluir edema periorbital, hipersalivação, diarreia, sinais similiares a intoxicações por organofosfato.
  • Gatos – pode ocorrer anorexia, febre e depressão;
  • Se não houver nenhum destes fármacos disponíveis pode usar-se Enrofloxacina – 5mg/kg, BID, PO ou SC, durante 7 a 10 dias;
  • Azitromicina e Atovacona podem ser efectivas se usadas da forma indicada para gibsoni.

 

Hepatozoon

 

            Nenhum regime terapêutico se mostrou eficaz na eliminação de infecções por H. canis ou H. americanum nos tecidos. No entanto, vários protocolos terapêuticos resolvem rapidamente a doença clínica.

Para o tratamento de H. americanum a combinação de Trimetropim-sulfonamida, Pirimetamina e Clindamicina por 14 dias é altamente bem sucedida no estado agudo. O uso de Decoquinato com alimento, reduz a probabilidade de recorrência da doença clínica e prolonga o tempo de sobrevida. O Diproionato de imidocarb é a droga de escolha para o tratamento de H. canis e também pode ser eficaz para H. americanum. A administração de AINES pode reduzir o desconforto em alguns cães.

 

A hepatozoonose felina tem sido tratada com Doxiciclina (5mg/kg, PO, BID) ou Oxitetraciclina (50mg/kg, PO, BID) associada com uma única dose oral de Primaquina (2mg/kg).

 

No caso doa canídeos infectados com H. canis é administrado Dipropionato de imidocarb durante 14 dias, até se observar ausência de gamontes na circulação sanguínea.

 

Tratamento de Hepatozoonose em Cães:

FármacoDose (mg/kg)ViaIntervalo (Horas)Duração (Dias)
Trimetropim-sulfadiazina15PO122*1
Clindamicina10PO82*1
Pirimetamina0.25PO242*1
Decoquinato10-20PO1233meses *2

 

*1 – Terapia inicial.

*2 – Terapia a longo prazo, ¼ oz ou como aditivo alimentar medica 20 a 40 kg de cão.

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixar uma resposta